Senador Capiberibe, deputada Janete e deputado Camilo com moradores do BailiqueBrasília, 03/03/2010 – A deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) relatou no plenário da Câmara dos Deputados a viagem que fez ao Arquipélago do Bailique, nos dias 26 a 28 passados. Nas 8 ilhas localizadas na foz do Rio Amazonas moram 10 mil pessoas distribuídas em 52 comunidades ribeirinhas. Com ela, viajaram o deputado estadual Camilo Capiberibe (PSB/AP) e o governador do Amapá entre 1995 e 2002 João Alberto Capiberibe.

Terça, 02 Março 2010 14:34

TRANSPARÊNCIA DOS GASTOS PÚBLICOS

Princípio da publicidade dos atos da administração pública

*Rosalina Tork

Atendendo à sugestão da propaganda do Tribunal de Contas da União – TCU, visitei o sítio do Governo do Estado www.amapa.gov.br e resolvi seguir o link “Destaques > Transparência – gastos públicos”, mas o que vi me deixou preocupada. O link leva a uma página inacabada e desatualizada desde 2004. O que será que o governo fez com o nosso dinheiro de 2004 para cá?

Brasília, 26/02/2010 – O Governo Federal lança, dia 11 de março, em Belém do Pará, a campanha de prevenção aos acidentes com escalpelamentos que vitimam especialmente mulheres e crianças, quando seus cabelos são arrancados pelos eixos das embarcações que usam motores adaptados para a navegação.

Brasília, 25/02/2010 – No próximo dia 27, faltarão três meses para que a Lei Capiberibe entre definitivamente em vigor, em todo o país. A Lei Complementar 131/2009, sancionada em maio de 2009, obriga a transparência de todas as contas públicas da União, Estados, Distrito Federal e Municípios com mais de 100 mil habitantes a partir de 27 de maio deste ano.

Brasília, 23/02/2010 – A ação do Ministério Público do Amapá que denuncia o secretário estadual de educação Adauto Bitencourt (PDT) pelo crime de improbidade administrativa foi registrada no plenário da Câmara pela deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP). A socialista denunciou ainda que as escolas estaduais perderam 3 mil matrículas entre 2007 e 2008.

"... uma sociedade injusta [...] deixou seu menino morrer, sem a assistência adequada que seus pais, pobres, não tinham como oferecer."

Artigo do jornalista Corrêa Neto.
Tinha apenas 14 anos de idade e sonhava fazer tudo o que os meninos de sua idade gostam de fazer. Quem sabe se imaginava crescido, bem empregado, ganhando um salário decente que lhe permitisse ajudar seus pais, pobres como ele de bens materiais, mas riquíssimos de um amor que lhe foi dedicado enquanto viveu. Um amor molhado pelas lágrimas da saudade, de tristeza e de uma revolta compreensível, contra uma sociedade injusta que deixou seu menino morrer, sem a assistência adequada que seus pais, pobres, não tinham como oferecer.

Últimas Notícias

Atuação Política

Cadastre-se para receber as últimas novidades da Deputada Janete Capiberibe.

Contato

...