Quinta, 20 Abril 2017 09:34

Capiberibe defende que ao invés de discutir reformas é preciso fazer um sistema novo

Capiberibe defende que ao invés de discutir reformas é preciso fazer um sistema novo
Senador Capiberibe fez um aparte ao discurso da senadora Lídice da Mata em relação à política dos países que lograram um grau de desenvolvimento e que romperam com a pobreza, com a indigência. “O melhor exemplo que eu poderia citar é o exemplo dos ingleses. Os ingleses estão mergulhados em uma crise política provocada pela decisão popular, pelo voto do cidadão de deixar a União Europeia. Fizeram o plebiscito e o povo inglês disse que não quer mais participar da União Europeia. O governo perdeu e não teve mais alternativa, senão reconhecer a soberania do voto popular e convocar novas eleições imediatamente”.


Assim, as eleições que estavam previstas para 2020, vão acontecer em junho deste ano. É isso que as lideranças políticas do nosso País precisam perceber. É necessária uma tomada de posição, é claro, para vencer essa crise. Quem tem autoridade para pôr um ponto final na crise é o povo brasileiro.


“Cada vez que se abre uma delação de alguém que está sendo investigado, isso atinge inúmeros representantes, representantes políticos do Congresso Nacional e de outras instâncias. Isso, evidentemente, é resultado de um sistema que apodreceu. Em vez de trabalharmos para dar um basta e reconstruir ou fazer um sistema novo, o Congresso está preocupado em fazer a reforma da previdência para punir trabalhadores, para punir idosos, para tirar direitos. Nós temos que acabar com as negociatas de eleições. As eleições viraram verdadeiros negócios fabulosos. Então, para acabar com isso, é preciso fazer o que eles fazem em outros países. Como os ingleses fazem eleições lá? Como os franceses fazem eleições lá? Não há custo. E os suecos? O custo é reduzido. Por que não imitar esses países naquilo que eles têm de melhor?”.

Últimas Notícias

Atuação Política

Cadastre-se para receber as últimas novidades da Deputada Janete Capiberibe.

Contato

...