Quarta, 30 Agosto 2017 20:04

#TodosPelaAmazônia repudiam extinção da Renca pelo governo Temer

#TodosPelaAmazônia repudiam extinção da Renca pelo governo Temer

Brasília, 30/08/2017 – #TodosPelaAmazônia é a palavra de ordem da manifestação no Congresso Nacional, nesta quarta, 30, para repudiar o decreto 9.147/2017, pelo qual o presidente Michel Temer extingue a Reserva Nacional de Cobre e Associados – RENCA para entregar à mineração privada uma área de 4 milhões de hectares, no Amapá e no Pará. Senadores, deputadas, deputados e defensores do meio ambiente que integram a Frente Ambientalista participaram do ato.

Nesta terça, 29, o juiz Rolando Spanholo, da 21ª Vara Federal de Brasília, determinou a suspensão dos efeitos de “todo e qualquer ato administrativo tendente a extinguir a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca)”, mas há possibilidade de recurso.

No evento que teve a presença da atriz Maria Paula, a deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) anunciou o Projeto de Decreto Legislativo 751, que apresentou na terça, 29, para anular o decreto presidencial, e a realização de audiência para debater os efeitos nocivos da extinção da RENCA. A deputada socialista defendeu o modelo de desenvolvimento econômico sustentável, cujo projeto foi implantado no Amapá pelo então governador, hoje senador João Capiberibe.

TodosPelaAmazônia repudiam extinção da Renca pelo governo Temer

Ela denunciou que, em 2012, viajou à Terra Indígena Waiãpi, no Parque do Tumucumaque, e ouviu dos indígenas a notícia que o vice-presidente Michel Temer estivera lá, de helicóptero. “Não anunciou na agenda, não chegou na aldeia, não falou com ninguém. Agora sabemos o que ele foi fazer lá”.


A extinção da RENCA recebe protestos no Brasil e no exterior - organizações ambientais, movimentos sociais, as Igrejas Católicas do Canadá e do Amapá, que publicou nota contra o decreto, no final de semana. Com a repercussão negativa, Temer publicou novo decreto, que anulou o 9.142 e republicou a extinção da reserva. “Se o objetivo era nos desmobilizar, Temer não conseguiu”, afirma Janete.
Neste sábado, 02, o Congresso Estadual do PSB será transformado em ato em defesa da RENCA e dos povos que a habitam e contra os decretos de Michel Temer.


Nove áreas protegidas e terras indígenas ficam na Renca: o Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, as Florestas Estaduais do Paru e do Amapá, a Reserva Biológica de Maicuru, a Estação Ecológica do Jari, a Reserva Extrativista Rio Cajari, a Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Iratapuru e as Terras Indígenas Waiãpi e Rio Paru d`Este. Três povos indígenas – Waiãpi, Apalai e Waiana – além de comunidades extrativistas vivem na reserva que existia desde 1984.

Texto e fotos:
Sizan Luis Esberci
Gabinete da deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP)
61 3215 5209

Últimas Notícias

Atuação Política

Cadastre-se para receber as últimas novidades da Deputada Janete Capiberibe.

Contato

...