Segunda, 27 Novembro 2017 00:00

Pauta Feminina debate valorização das parteiras tradicionais

Na foto a deputada Janete autora de projeto para reconhecer as parteiras e Maria Luíza Dias parteira do Amapá
Brasília, 27/11/2017 – A Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados, a Procuradoria Especial da Mulher e o Observatório da Mulher contra a Violência do Senado Federal realizam, nesta terça, 28, o debate “Violências Sensíveis: Valorização das Parteiras Tradicionais”. A mediação entre os debatedores será feita pela deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP), que implantou o Projeto das Parteiras Tradicionais do Amapá, seu estado, em 1996, e trouxe a pauta para a Câmara dos Deputados, em 2003.

pauta feminina

A Pauta Feminina desta terça terá como debatedoras Ester Vilela, coordenadora de Saúde da Mulher do Ministério da Saúde; Sandra de Souza Maciel, socióloga, parteira aprendiz e coordenadora nacional do movimento CuraDor; Veronique Durand, doutora em antropologia e autora do livro Órfãs de Esperança – Violência Contra a Mulher – Alguns relatos ao Mundo; Maria Luiza Dias, presidente da Rede Estadual de Parteiras Tradicionais do Amapá; e Silvéria Santos, parteira, enfermeira obstetra, professora da Universidade de Brasília – UNB e escritora.

O evento pode ser acompanhado pela internet pela fan page da deputada federal Janete Capiberibe https://www.facebook.com/JaneteCapiberibeOficial/ e no E-Cidadania http://bit.ly/2ywlL3N.

Serviço:
O quê? Pauta Feminina - “Violências Sensíveis: Valorização das Parteiras Tradicionais”
Onde? Ala Nilo Coelho, Plenário 6, Anexo II do Senado Federal
Quando? 28 de Novembro de 2017 (terça-feira)

Na foto, a deputada Janete, autora de projeto para reconhecer as parteiras, e Maria Luíza Dias, parteira do Amapá

Sizan Luis Esberci
Gabinete da deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP)
61 3215 5209

Últimas Notícias

Atuação Política

Cadastre-se para receber as últimas novidades da Deputada Janete Capiberibe.

Contato

...