Quarta, 28 Março 2018 16:18

Deputada Janete defende volta das mães ao Renda Para Viver Melhor

Deputada Janete defende volta das mães ao Renda Para Viver Melhor

Brasília, 28/03/2018 – “Falo em defesa das mães do Renda Para Viver Melhor, injustiçadas pelo governador Waldez. É muita desumanidade tirar esse dinheiro das mães do Renda!”. Assim discursou a deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) para cobrar que o governador Waldez Góes reinclua no programa de distribuição de renda do Amapá as 16 mil mães que ele cortou desde o início do seu governo.

“No governo Camilo, do PSB, 18 mil e 700 mães recebiam meio salário mensal. Garantia alimentação e dignidade às famílias”. Segundo Janete, hoje, somente 2.699 recebem. O valor, que deveria ser de R$ 477,00 mensais não foi atualizado por Waldez e é R$ 166,00 menor: R$ 311,00.

“Tirou mães, parteiras, vítimas de escalpelamento que hoje passam dificuldade. O Renda movimenta a economia local, o minibox do bairro, da comunidade ribeirinha. Esse corte tira R$ 70 milhões por ano da economia do Amapá!”, afirmou Janete.

Janete lembra que o programa foi criado em 1996, no governo de João Capiberibe, do PSB. Ela é autora da Lei aprovada pela Assembleia e sancionada por Capi. O programa sempre passa por dificuldade fora dos governos do PSB.

Sizan Luis Esberci

Gabinete da deputada federal Janete Capiberibe – PSB/AP

61 3215 5209

Atuação Política

Cadastre-se para receber as últimas novidades da Deputada Janete Capiberibe.

Contato

...