Janete Capiberibe - Itens filtrados por data: Junho 2017

O senador João Capiberibe e a deputada federal Janete, ambas do PSB, abraçaram a causa dos policiais civis do Amapá, que lutam para serem beneficiados pela PEC 199, que permite a transposição dos servidores estaduais, dos antigos territórios, que ingressaram no serviço público até outubro de 1993, ao quadro da União.


senador Capi e deputada Janete garantem apoio aos policiais civis do AmapáNa quinta-feira, 27, a deputada Janete se reuniu com um grupo de 60 policiais e, nesta sexta-feira, 28, o senador Capiberibe teve encontro com representantes do Sindicato dos Policiais Civis do Amapá (Sinpol), entre eles a presidente da entidade, Narcisa Monteiro, que reforçaram o pedido.

O senador socialista garantiu que tanto o gabinete dele quanto da deputada Janete vão fazer o possível para encontrar uma alternativa que inclua esse grupo de policiais no quadro da União, seja por meio desta PEC ou de outro recurso legislativo.

Capiberibe aproveitou para falar de sua Proposta de Emenda a Constituição que cria o Fundo Nacional da Segurança Pública, para fortalecer os estados e criar ações conjuntas de combate ao crime, entre outros fatores.

senador Capi e deputada Janete garantem apoio aos policiais civis do Amapá O senador sugeriu também que o sindicato promova um seminário cujo objetivo seja apresentar propostas para melhorar a segurança pública a partir da participação da comunidade por meio das redes sociais.

"Não podemos mais pensar em políticas públicas sem envolver a sociedade e sem usar as ferramentas disponíveis na Internet que permitem aproximar o Estado do cidadão. Sem o apoio popular, é muito difícil combater qualquer tipo de crime", argumentou o senador.

Publicado em Notícias

Em audiência com o presidente do TJAP deputada Janete anuncia a liberação de R 30000 mil para aquisição de veículos para o Judiciário

A deputada federal Janete Capiberibe (PSB), esteve na manhã desta terça-feira, 18, em audiência com o presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, desembargador Carlos Tork. Na oportunidade anunciou a liberação de R$ 300 mil para a aquisição de veículos para a instituição.

O recurso será depositado na próxima quinta-feira, 20, na conta do Governo do Estado através da Secretaria de Estado e Segurança Pública (Sejusp) que irá adquirir cinco pick-ups, que depois serão repassados ao TJAP.

“O nosso mandato apoia o Tribunal de Justiça e a população do nosso Estado do Amapá que precisa da boa atuação da Justiça para resolver os problemas da nossa comunidade”, disse a deputada Janete.

O presidente do TJAP, Carlos Tork, agradeceu o apoio da deputada Janete com a alocação dos recursos e disse que os veículos vão ajudar no apoio dos projetos e atividades do Tribunal. “Esses veículos vêm em boa hora. Vamos garantir, por exemplo, um veículo para a Vara da Infância e da Juventude”, explicou.

Com o depósito dos recursos, o próximo passo da Sejusp será realizar o procedimento licitatório, em seguida adquirir os veículos e repassar para o TJAP. A expectativa que até o segundo semestre sejam entregues os carros.

Publicado em Notícias

 

Deputada Janete fará emenda incluir policiais rodoviários e funcionários estaduais na transposiçãoMacapá, 20/07/2017 – A deputada Janete Capiberibe (PSB/AP) recebeu em audiência o superintendente regional da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Amapá, Klebson Sampaio do Nascimento, juntamente com outros servidores da instituição. Eles agradeceram as emendas parlamentares dela e do senador Capi ao órgão. Segundo o superintendente, o apoio dos parlamentares garantiu a manutenção de muitos serviços da PRF, que tiveram seus recursos contingenciados pelo Governo Federal.


Outro assunto tratado foi a situação funcional de servidores do órgão. O superintendente narrou que na época que ocorreu a transposição dos funcionários do Território para o quadro federal, muitos funcionários não foram enquadrados como policiais por pertencerem a outro órgão, o Departamento de Estradas e Rodagem (DER), e a lei, naquele momento, vetava tal procedimento. A transposição seria possível, hoje, pela PEC 199/16.
A deputada Janete se comprometeu em fazer uma emenda para incluir estes funcionários entre os beneficiados pela transposição.


A transposição para quadro da administração pública federal beneficia os servidores públicos e outras pessoas que tenham mantido qualquer tipo de relação de trabalho com os ex-territórios de Roraima e do Amapá entre outubro de 1988 (data da transformação em estados) a outubro de 1993.

A reunião aconteceu na segunda-feira, 17.

Publicado em Notícias

unnamedBrasília, 18/07/2017 – A deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) anunciou o pagamento de R$ 332.812,00 da sua emenda de R$ 592 mil para manter os cursos de extensão da Universidade da Maturidade e da Universidade da Mulher da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP). O anúncio ocorreu nesta segunda-feira, 17, em visita da deputada federal Janete ao curso Universidade da Mulher (UNIMULHER).

O recurso foi liberado após intervenção da deputada Janete e do senador João Capiberibe junto à Casa Civil da Presidência da República. Como se trata de emenda individual impositiva, o pagamento é obrigatório.

O coordenador da UNIMULHER e da Universidade da Maturidade (UMAP), professor Steve Araújo, reconheceu que o projeto já teria parado se não fosse o apoio dos dois parlamentares.

“A deputada Janete e o senador Capi têm sido grandes parceiros da Unifap. Esses projetos de extensão só existem em função do empenho dos dois parlamentares", reconheceu Steve.

unnamed 2Durante a visita nas salas de aulas, a professora Kelly Huany parabenizou a atuação do senador Capi e da deputada Janete no Congresso Nacional. "Ainda temos políticos sérios, como o senador Capi e a deputada Janete, que votam a favor do povo", disse.

A deputada Janete aproveitou para afirmar que, no ano que vem, a Unifap terá novos recursos de emendas parlamentares suas e do senador Capi para tocar os projetos, aos quais será incluído um curso voltado à capacitação de parteiras tradicionais, inicialmente no campus Oiapoque.


"Vamos continuar apoiando a Universidade e, através da Gestão Compartilhada, vamos acompanhar a execução desses recursos", informou a parlamentar.

Extensão Universitária

unnamed 1A UNIMULHER visa disponibilizar ações educacionais, culturais e sociais em atenção às mulheres com idade igual ou superior a 40 anos. O projeto tem duração de 15 meses, quando são ofertadas disciplinas e oficinas como equidade de gênero, saúde preventiva, educação financeira, informática, história da mulher, empreendedorismo, entre outras.

Já a UMAP é voltada ao idoso e idosa, com disciplinas e oficinas que visam inclusão, qualificação e aperfeiçoamento do saber idoso, bem como práticas para consciência corporal, desenvolvimento pessoal e social. O estudante tem aulas de direito do idoso, inglês instrumental, teatro, informática, sociologia, educação física e corporal, entre outros.

Publicado em Notícias

Empenhados R 18 milhão de emendas impositivas da deputada Janete

Brasília, 14/07/2017 – Um milhão 800 mil e 104 reais de emendas individuais impositivas da deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) relativas ao Orçamento da União de 2017 foram empenhados nesta sexta, 14. As emendas são todas na área de saúde e beneficiam 10 municípios do Amapá com recursos para comprar ambulâncias e financiar o funcionamento da rede pública de saúde.

Os municípios beneficiados são Oiapoque, Tartarugalzinho, Ferreira Gomes, Pedra Branca do Amapari, Calçoene e Pracuuba, Porto Grande, Santana, Laranjal e Vitória do Jari, além da Rede Sarah Kubitschek.

Os recursos para comprar ambulâncias somam R$ 840.395,00: Oiapoque receberá R$ 199.885,00; Tartarugalzinho, Ferreira Gomes e Calçoene, R$ 100 mil cada um; Pedra Branca do Amapari, R$ 98.510,00 e Pracuuba, R$ 242 mil.
Os recursos para custeio somam R$ 959.769,00: Porto Grande receberá R$ 200 mil; Laranjal do Jari, R$ 100 mil e Vitória do Jari, R$ 150 mil; Santana receberá R$ 409.769,00 para custeio da atenção básica e da rede de média e alta complexidade. A Rede Sarah também receberá R$ 100 mil para custeio.

Macapá já está recebendo investimento de R$ 1,5 milhão de duas emendas da deputada Janete para equipar 7 Unidades Básicas de Saúde: Curiaú, Congós, Dr. Rubim Aronovitch (Santa Inês), L. B. Fontoura (Jardim Marco Zero), Santo Antônio da Pedreira, São Pedro dos Bois e Pacoval.

Foto: Chico Ferreira/Liderança do PSB

Sizan Luis Esberci
Gabinete da deputada federal Janete Capiberibe – PSB/AP
61 3215 5209

Publicado em Notícias

Votação para autorizar processo contra Temer vai ao Plenário da Câmara

Brasília, 13/07/2017 – A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara rejeitou por 40 a 25 votos e uma abstenção o relatório do deputado Sergio Zveiter (PMDB/RJ) que recomendava a autorização da Câmara dos Deputados para o Supremo Tribunal Federal investigar a denúncia de corrupção passiva feita pelo Ministério Público Federal contra o presidente da República, Michel Temer. A Câmara precisa autorizar para que o Supremo investigue o presidente.

A deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) afirma que o partido recomendou voto favorável à autorização. É uma decisão tomada pela Executiva Nacional do PSB, que apoia o afastamento do atual presidente denunciado por corrupção e que envia ao Congresso matérias prejudiciais à maioria da população brasileira. “A sociedade não pode ficar em dúvida. Se ele é inocente, apresentará sua defesa no Supremo. A Câmara não está julgando. Está permitindo que a denúncia seja esclarecida”, afirma.

Rejeitado aquele relatório, a CCJC, em nova votação (41 a 24 votos e uma abstenção), recomendou o posicionamento contrário à continuidade da investigação da denúncia (SIP 1/17). Veja como votaram os deputados membros da CCJC. O voto “Sim” é favorável à Temer. Diferente de Zveiter, o novo relator, deputado Paulo Abi-Akel (PSDB/MG), considerou que não há provas que justifiquem processo contra Temer neste caso.

Plenário – O parecer aprovado hoje pela CCJ ainda precisa ser votado em Plenário. O voto contrário de 342 deputados pode derrubar essa recomendação e, então, dar autorização para investigar Temer.

Essa votação só deve ocorrer em agosto, possivelmente no dia 2, uma vez que não há tempo hábil para que ocorra antes do recesso parlamentar, que começará dia 17.

Mobilização – Na Internet, o site 342agora.org mobiliza a sociedade civil para pressionar os deputados a votarem pela autorização do processo contra Temer por crime de corrupção passiva. Pelo site, 141 deputados são contra, 168 estão em dúvida e 204 a favor da investigação.

Troca-troca – Nos últimos dias, a base do governo substituiu parlamentares que votariam pela autorização por outros que votaram para impedir a investigação de Temer. Sem a troca, teriam sido 37 votos autorizando o processo e 28 contrários.

Foram 14 horas de discussão na quarta e outras 10 horas nesta quinta para concluir a votação na CCJC.

Sizan Luis Esberci
Gabinete da deputada federal Janete Capiberibe – PSB/AP
Com Agência Câmara
61 3215 5209

Publicado em Notícias

Deputada Janete consegue liberar R$ 2 milhões para a UNIFAP, UEAP, IFAP e TJAP

Brasília, 12/07/2017 – A deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) conseguiu o pagamento de $ 1 milhão 988 mil 601 reais das suas emendas individuais impositivas que vão beneficiar a Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), o Instituto Federal do Amapá (IFAP), a Universidade Estadual do Amapá (UEAP) e a Justiça Estadual do Amapá. O valor é de emendas apresentadas ao orçamento de 2016. O pagamento deve ser feito a partir desta quinta, 13.

“Garantir o acesso à educação pública, universal, gratuita e de qualidade é nossa prioridade. E o judiciário é imprescindível para uma sociedade menos desigual. Isso muda para melhor a vida das pessoas”, afirma Janete, autora das emendas. A UNIFAP está recebendo R$ 332.812,00 para a Universidade da Maturidade, a Universidade da Mulher, o curso de Libras e Paraolimpíadas estudantis. Na última semana, a deputada Janete e o senador João Capiberibe receberam o pró-reitor de Extensão e Assistência Estudantil da Universidade Federal do Amapa (Unifap), Rafael Ponte, o coordenador dos projetos Universidade da Mulher (Unimulher) e Universidade da Maturidade (Umap), professor Steve Araújo, e o coordenador adjunto, Gerson Gurjão, que apelaram aos socialistas pedindo sua intercessão para que os recursos federais fossem pagos.

Deputada Janete consegue liberar R$ 2 milhões para a UNIFAP, UEAP, IFAP e TJAP

A UEAP receberá R$ 650.000,00 para adquirir um parque tecnológico de informática para modernizar a gerência das informações da instituição, conforme projeto apresentado pela Universidade Estadual. O IFAP receberá R$ 705.789,00 para investir na Expansão e Restruturação de Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnologia do Campus do Oiapoque. Assim, a deputada Janete atende pedido da reitora Marialva Almeida feito na semana passada. Neste ano, o Governo Federal cortou 12% nos recursos de custeio e de 35% nos de investimento do IFAP. Assim, a emenda parlamentar da deputada Janete torna-se fundamental para tocar os projetos da instituição.

O Tribunal de Justiça do Estado do Amapá – TJAP está recebendo R$ 300 mil reais para comprar 6 veículos tipo hatch. A aquisição será feita através do Governo do Estado.

Sizan Luis Esberci
Gabinete da deputada federal Janete Capiberibe – PSB/AP
61 3215 5209

Nas fotos, a deputada Janete está com a reitora do IFAP e com o pró- reitor e coordenadores da UNIFAP

Publicado em Notícias

Os crimes de intolerância, injúria e preconceito racial e religioso não podem ser aceitos numa sociedade multiétnica e de inúmeras crenças como é a nossa e em nenhuma outra sociedade. Milhões de brasileiras e brasileiros professam fé a mais de uma religião. O episódio ocorrido com a deputada estadual Cristina Almeida é um dos inúmeros casos que acontecem diariamente contra milhares de pessoas. Todos são inaceitáveis e inadmissíveis. Nos solidarizamos com a cidadã Cristina Almeida e todos aqueles que passaram por tal situação. É dever do poder público criar mecanismos para a formação de uma sociedade que tenha respeito às diferenças e que busque o bem estar coletivo. Bem como apurar e responsabilizar todo aquele que difundir discursos e práticas de ódio.

Por isso, confiamos que a determinação constitucional será cumprida. Defendemos a igualdade racial e a profecia de cada crença com respeito ao próximo, às demais religiões e às determinações legais do Estado brasileiro.

Brasília, 12 de julho de 2017.

Janete Capiberibe – Deputada federal

Publicado em Notícias

Frente pelas Diretas Já reafirma que a saída para a crise é mesmo pelo voto popular

Parlamentares e representantes dos movimentos sociais, centrais sindicais e sociedade civil se reuniram nesta segunda-feira (10), no Senado Federal, com um objetivo: fortalecer a rede nacional pelas Diretas Já. A reunião foi uma iniciativa do senador João Capiberibe (PSB/AP), coordenador da Frente Parlamentar Suprapartidária pelas Diretas Já.

As manifestações dos participantes foram unânimes: fortalecer o movimento em todas as regiões do Brasil por meio de atos pró eleições diretas; definir um calendário desses atos; criar um plano de comunicação para divulgar o movimento; apoiar o voto do relator na CCJC da Câmara de acatar denúncia da PGR contra o presidente Temer; criar uma secretaria-executiva da Frente pelas Diretas Já e produzir um vídeo do movimento.

“Temer está com os dias contatos na Presidência e precisamos, principalmente, unificar o movimento pelas Diretas Já por meio de uma rede nacional de informações. A ideia é construir um acompanhamento por todos os Estados, ter atos e comitês pelo Brasil todo. Temos um ato dia 21 de julho na Paraíba, outro ainda esse mês, no Ceará, e dia 19 de agosto em Goiânia”, informou Capiberibe.

A senadora Lídice da Mata (PSB/BA) destacou que o movimento pelas Diretas Já é muito vitorioso. Enumerou que já teve atos em vários Estados, como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia e defendeu a criação de um cronograma de atos por todo o Brasil. “Precisamos que se constituam os Comitês pelo Brasil”. Ela também mencionou que Temer e Rodrigo Maia possuem o mesmo DNA e que não oferecem uma saída para o País, reforçando a ideia das eleições diretas.

O deputado Enio Verri (PT/PR) informou que no final de semana passado ocorreu um ato em Curitiba para o lançamento das Diretas Já, com a presença da Juventude do Partido Socialista Brasileiro (PSB).

Edson Carneiro, o índio, da Frente Povo Sem Medo, falou “que com o agravamento da crise, o povo brasileiro não vai aceitar a imposição de Rodrigo Maia. Não existe saída para a crise que não seja pelas urnas”.

A deputada Alice Portugal (PCdoB/BA) afirmou que é fundamental fortalecer a Frente e sua consequente divulgação e elogiou a criação de uma secretaria-executiva da Frente para coordenar as ações das instâncias estaduais. “Só assim teremos a real consolidação das Diretas Já”.

O tema da saída do Temer da Presidência foi mencionado por quase todos os participantes.
O deputado Glauber Braga (PSOL/RJ) ressaltou que o PSOL está de acordo com as decisões da reunião. Ele defendeu que o afastamento de Temer seja discutido durante o recesso parlamentar e a votação, somente em agosto. “Nesse contexto, temos nossa janela de mobilização pelas Diretas Já”.

O deputado José Guimarães (PT/CE), líder da Minoria na Câmara, ressaltou que é preciso unificar a bandeira em torno de pontos comuns e que essa semana será decisiva. “O que aconteceu hoje na CCJ foi um passo gigantesco, mas ainda não é definitivo. Não podemos cantar vitória antes do tempo”.

A deputada Jandira Feghali (PCdoB/RJ) falou que o relatório da CCJ, na Câmara, nesta segunda, pelo acatamento da denúncia da PGR, pode dar uma virada no jogo. “Nós precisamos focar na democracia das Diretas Já, jogar luz e consolidar a Frente e o movimento”.

Vicente Selistre, da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), afirmou que este é o momento de unir forças de todos os movimentos sociais, centrais sindicais e sociedade, em busca das Diretas Já.
Leidiano Farias, da Frente Brasil Popular, concorda com ele e disse que acredita fortemente no potencial de massificação que tem a luta pelas Diretas Já. “Na história da República não tivemos tantos golpes seguidos como temos constatado nos últimos tempos. A retomada da democracia é o caminho e isso só pode ser feito pelas Diretas Já”.

A senadora Gleise Hoffmann (PT/PR) ressaltou que é fundamental medir como vai se agir com as decisões da Câmara dos Deputados. “Precisamos ganhar tempo. Não reconhecemos nenhuma transição com o Rodrigo Maia. A saída são eleições diretas e montarmos um calendário de discussões para nortear nossas atividades”.

Secretaria-Executiva – A criação da secretaria-executiva da Frente pelas Diretas Já foi muito bem aceita por todos. A primeira reunião vai acontecer nesta quinta-feira (13), na liderança do PSB, para dar encaminhamentos sobre o resultado da reunião. Essa secretaria ficará sob a coordenação do PSB, mas com representantes de várias lideranças políticas.

Encaminhamentos – “Saímos daqui fortalecidos. Existe um cansaço de uma crise que já dura três anos. Os atos pelo Brasil vão fortalecer a certeza que o juiz da crise é o povo”, afirmou o senador Capiberibe, que enviará um relatório com os resultados da reunião a todos os participantes.

Presenças – Estiveram presentes as senadoras Lídice da Mata (PSB/BA), Gleise Hoffmann (PT/PR) e Fátima Bezerra (PT/RN), os senadores Lindbergh Farias (PT/RJ) e Jorge Viana (PT/AC), os deputados Enio Verri (PT/PR), Henrique Fontana (PT/RS), Glauber Braga (PSOL/RJ), Wadih Damous (PT/RJ), e as deputadas Janete Capiberibe (PSB/AP), Alice Portugal (PCdoB/BA), Jandira Feghali (PCdoB/RJ) e Zenaide Maia (PR/RN), além do ex-presidente do PSB, Roberto Amaral, citado várias vezes durante a reunião.

A Intersindical, a Auditoria Cidadã, o MAS, a Associação Vocação , a CTB, o MST, a NCST; o SITRAEMG, a CUT, a Frente Brasil Popular, o MNCCD, a Frente Povo Sem Medo, o Conselho Federal de Economia, o INAÔ e o Movimento Camponês Popular foram movimentos sociais e centrais sindicais presentes.

Publicado em Notícias
Sexta, 07 Julho 2017 14:29

Há 8 anos, a Lei Janete protege vidas

A presidenta da Associação Rosinete Serrão e a autora da Lei deputada Janete

Brasília, 07/07/2017 – Há 8 anos, a Lei 11.970/2009, também chamada de Lei Janete, era publicada no Diário Oficial da União, aprovada pela Câmara e pelo Senado, após apenas 2 anos de tramitação. Por conta da Lei, os acidentes ribeirinhos com escalpelamento foram reduzidos em 75%.

"É uma Lei que salva vidas”, afirma a autora da proposta, a deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP). “As mulheres escalpeladas foram as grandes responsáveis pela aprovação da lei. Elas, num encontro de mulheres em Brasília, tiveram a coragem de tirar o lenço de suas cabeças e mostrar a realidade invisível que o Poder Público fazia questão de não ver", lembra Janete.

A Lei 11.970/2009, de prevenção ao escalpelamento nos acidentes ribeirinhos, obriga instalar uma proteção no volante e no eixo dos motores estacionários adaptados à navegação na Amazônia.

O projeto de lei foi apresentado em 2007, pela deputada Janete Capiberibe (PSB/AP), a pedido das mulheres vítimas de escalpelamento. Foi sancionada em 6 de julho de 2009, pelo presidente em exercício, José Alencar.
As campanhas de conscientização puxadas pelo mandato da deputada Janete e pela da Associação das Mulheres Ribeirinhas Vítimas de Escalpelamento e a cobertura dos volantes e eixos feita pela Marinha do Brasil fizeram os acidentes chegar a zero no Amapá. A instalação da carenagem é uma ação permanente e pode ser feita na Capitania dos Portos do Amapá.

Dignidade – A presidente da Associação das Mulheres Ribeirinhas Vítimas de Escalpelamento da Amazônia, Rosinete Serrão, sofreu o acidente aos 20 anos de idade quando voltava de um passeio à casa do tio e desde então luta por direitos às vítimas e por mais atendimento humanizado. “Sofremos com problemas de audição e visão. Precisamos de apoio à vida”.

Ela recorda os mutirões de cirurgias reparadoras e reconstrutivas e do apoio psicossocial dado pelo programa Libélulas da Amazônia durante o governo do PSB de Camilo Capiberibe.

Em 2012, o Governo do Amapá realizou mutirões de cirurgias reparadoras, junto com a Sociedade Brasileira de Cirurgias Plásticas e a Defensoria Pública da União. Sessenta e quatro mulheres passaram por três etapas das cirurgias plásticas reparadoras. O Governo do Estado deu a elas atendimento integral, com acompanhamento psicológico e social e pagamento de bolsa mensal de meio salário para cumprirem integralmente o tratamento médico. Custeou, inclusive, a hospedagem e a alimentação em hotel nos períodos entre os procedimentos.

Rosinete lamenta que essas ações não existam mais e que as vítimas que foram incluídas no programa Renda para Viver Melhor estejam sendo excluídas pelo atual governo. As vítimas de escalpelamento pedem que sejam incluídas no Benefício de Prestação Continuada – BPC – já que, por conta do acidente, muitas ficam impossibilitadas de retomarem a vida normal de trabalho e estudos. A reivindicação tem apoio da Defensoria Pública da União.
Outro pedido da Associação das Mulheres Vítimas de Escalpelamento que pode virar Lei de autoria da deputada Janete é o Projeto 3397/2012, para garantir a realização de cirurgias reparadoras e reconstrutivas e assistência social e psicológica às vítimas de escalpelamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Em audiência recente, recebeu sinalização positiva do Ministério da Saúde. O projeto já foi aprovado na Comissão de Seguridade Social e Família e aguarda relatório na Comissão de Finanças e Tributação.

Escalpelamento – O acidente com escalpelamento na navegação ribeirinha acontece quando o cabelo enrosca no volante e no eixo dos motores estacionários adaptados aos barcos, arrancando parcial ou totalmente o couro cabeludo, da nuca e da testa, mutila e arranca orelhas e pálpebras. A maior incidência é na foz do Rio Amazonas. Crianças, adolescentes e jovens do sexo feminino, incumbidos de retirar a água do assoalho dos barcos ou quando apanham algum objeto que tenha caído, são a maioria das vítimas. Alguns homens também sofrem escalpelamento ou mutilações.

Texto e foto:
Sizan Luis Esberci
Gabinete da deputada federal Janete Capiberibe – PSB/AP
61 3215 5209

 

Publicado em Notícias
Pagina 1 de 2

Atuação Política

Cadastre-se para receber as últimas novidades da Deputada Janete Capiberibe.

Contato

...